Posts Marcados banho em gato

Proteja seu amigo pet durante a Copa

Nessa época de jogos, e consequentemente de muito barulho, temos que ficar atentos aos nosso pets. Se o barulho dos fogos já é bastante ruim para a gente, para eles pode ser insuportável. De tão assustado com o barulho, seu amigo pode sair correndo e/ou fugir, e ainda corre o risco de ser atropelado. Portanto, não saia com seu cåo sem coleira, fiquem atentos a porta e portões abertos e não deixem seus gatos saírem de casa. O Hospital Veterinário Pet Care preparou dicas muito importantes sobre alguns cuidados que devemos tomar.   mascote torcedor

Anúncios

, , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Dicas para um verão saudável

Um anjo chamado Lasch

Um anjo chamado Lasch

O verão ainda nem chegou e nossos bichinhos já estão sofrendo com o calor. No mês que passou perdemos dois pacientes com suspeita de ensolação. Um muito querido e extremamente bem cuidado pelo seu melhor amigo Marcel – o guerreiro Labrador Lasch.

Margarida ainda bebê

Margarida ainda bebê

Nessa semana a linda Margarida, uma buldogue de menos de um ano de idade teve uma síncope durante um passeio. Não estava sol e ela estava acostumada com o trajeto. Margarida fez exames recentes, é uma cachorrinha muito saudável e também pode ter se sentido mal pelo calor. Cães braquicefálicos, ou seja, de focinho curto apresentam mais problemas respiratórios e, por isso, o cuidado deve ser redobrado nessas épocas do ano.

Com os meus cães, opto por passear até às 8 da manhã e após às 18h. Velhinhos e debilitados devem evitar os dias quentes de sol para passear. Aos que fazem suas necessidades apenas na rua e precisam sair várias vezes, que seja uma voltinha bem rápida!

Os cães costumam ser sempre ofegantes durante os passeios e por isso mesmo corremos o risco de não perceber se estão muito cansados.

Mesmo àqueles acostumados a longas caminhadas, recomendo um trajeto menor nos dias de calor. Não esqueçam de levar a garrafinha de água e façam pequenas pausas para observar o animal.

Deixar nosso amigo esperando no carro de jeito nenhum! Podemos ter uma péssima e desagradável surpresa. Com relação aos banhos em pet, prefiro também que evitem os períodos quentes do dia. Para muitos, o banho é estressante. E o estresse com o calor pode não ser uma boa combinação. Aos proprietários de animais de pelo longo, pensem no conforto e tosem seu amigo.

Para finalizar, ressalto a importância de prevenir seu cão e gato contra pulgas e carrapatos, ainda mais comum nos períodos quentes do ano. Costumo passar antipulga a cada 30 dias nos meus cães, e mesmo assim, achei uma pulga na minha Lolita durante o banho na semana passada. Portanto, acreditem, mesmo que vocês não vejam as pulgas, elas existem!

Deixem sempre água fresquinha para o seu pet. Meu Manolo ama  água de côco e pedrinhas de gêlo na água!

Ah, e não esqueçam dos cães e gatos de rua. Sempre que possível ofereça água a um animal… e um pouquinho de comida também 🙂

Manolo em Gonçalves

Manolo em Gonçalves

, , , , , , , , , , , , , ,

4 Comentários

A hora do banho

O banho dos pets é sempre prazeroso para nós, que adoramos ver nossos cães e gatos cheirosos e com pelos macios. Assim ficamos mais à vontade para enchê-los de carinho! Mas alguns cuidados devem ser tomados para garantir a tranquilidade e o bem estar dos nossos animais, pois o banho deve atender às necessidades deles e não apenas as nossas.

Banho em pet shops

É importante escolher muito bem o estabelecimento, prestar atenção na higiene do ambiente e, principalmente, na maneira que os profissionais cuidam dos nossos bichos. Para gatos, é preferível que o local seja tranquilo e de preferência isolado dos cães.

Banho em casa

Para animais mais tranquilos e donos cautelosos, também é possível dar um bom banho em casa. Se esta for sua opção, é preciso seguir algumas orientações para que o banho caseiro não traga nenhum problema de saúde para o animal.

A frequência do banho vai depender do porte, espécie, raça e atividade do animal.

Os gatos são muito limpos e tem o hábito de se limpar diariamente com um verdadeiro “banho de língua”. Com isso, conseguem manter os pelos sempre bonitos e remover sua sujeira.  Para gatos mais tranquilos indico um banho por mês. Caso isso seja muito estressante para o felino, prefiro diminuir a frequência de acordo com a aceitação de cada um.

Para cães que passeiam pelas ruas diariamente e ficam dentro de casa, tendo acesso a camas e sofás, indico um banho por semana. Para os demais, sugiro banhos quinzenais. Animais com problemas de pele exigem um cuidado maior e a frequência do banho deve ser estipulada pelo veterinário. Alguns necessitam de dois ou três banhos por semana.

Para animais com a pele saudável, opto pelos xampus neutros da linha veterinária. Gosto muito do Allercalm e do Dermogen. Não recomendo o uso frequente de xampus terapêuticos (antibactericidas, antifúngicos, etc.) para os saudáveis, pois podem tirar a proteção natural da pele. Para a região dos olhos e focinho, indico para todos os animais o xampu Johnson “chega de lágrimas”.

Após o banho é importante secar todo o pelo com secador e tomar cuidado para não deixá-lo nem tão quente, nem tão próximo do animal a ponto de queimá-lo.  Para animais alérgicos, usar o secador com vento frio é a melhor opção, mas nunca em dias frios!

Além do banho

Outros cuidados com a higiene devem ser tomados, tais como: limpeza das orelhas com produtos otológicos específicos, escovação dos animais com pelagem longa, vermifugação a cada seis meses, prevenção de pulgas e carrapatos e limpeza diária da caixa sanitária (para gatos) e do ambiente.

Lembre-se que os cães e gatos têm o olfato muito mais aguçado do que o nosso. O que pode ser cheiroso para a gente pode ser extremamente desagradável e irritante para eles.

Esses são alguns cuidados importantes para garantir a saúde e bem estar do seu animal!

Leia também aqui a entrevista que concedi para o portal do Terra sobre cuidados com a higiene dos cães e gatos.

, , , , , , ,

2 Comentários