Meu Manolo e a Diabetes

foto 3
Há sete dias diagnostiquei meu Manolo com Diabetes. Ele chegou em casa ainda filhote, contra a vontade da minha família, há nove anos. Naquele dia, ganhei meu melhor amigo, aquele que estaria perto de mim sempre.

Quando filhote, Manolinho aprontou muito – roeu fio de telefone, o pé de todas as cadeiras, espalhou papel higiênico (sujo) pela casa toda, fugiu algumas vezes e quase matou a gente do coração. A comida sempre foi sua perdição. Ele é um verdadeiro ladrão de comida. Conseguia abrir o forno e a geladeira e já me fez chorar inúmeras vezes de tanta preocupação. Mas, felizmente, seu estômago condiz com sua falta de educação em roubar alimentos. Ele já pegou de tudo, desde uma caixa de bombom de rum (presente de páscoa da minha Tia Magali), que estava na geladeira, até uma travessa de vidro com abobrinha que ele derrubou da pia. Isso sem falar nos bolos, rabanada (que minha mãe tinha feito para o Natal), pote de manteiga, carnes e ossos de todos os tipos e tamanhos (esses que me causaram a maior preocupação), entre tantas outras coisas.

Fora isso, meu guloso é supercovarde para injeções. Quem já me ajudou sabe bem o que estou falando. Ele chora, uiva e não gosta que o segure. E ele é forte o bastante para tornar tudo ainda mais difícil. Quando soube que ele era diabético e teria que tomar duas injeções por dias por toda a vida, fiquei arrasada. Além de não querer ver meu pequeno cheio de privações e com horários rígidos para comer, sabia o quanto a injeção o deixava aflito.

Animais diabéticos devem seguir uma rotina, comer o alimento certo na hora certa e tomar as injeções de insulina duas vezes ao dia. E, confesso, fiquei desesperada com tudo isso! Cuido de diversos bichinhos ao longo da semana, mas acredito que nenhum veterinário goste muito de tratar de seu próprio animal. Parece que a gente “emburrece”, fica desesperada por tudo porque prevê o que pode acontecer. E nessa hora recorro as minhas queridas amigas (obrigada por tudo, Thais, Dé e Ju!!).

Hoje, a rotina de meu Manolo é a seguinte:
8h: comida e insulina
12h: comida
20h: comida e insulina (além de outras medicações que ele toma via oral)

A comida é a hora mais feliz! Ele adora sua nova dieta. Há duas opções no caso de cães diabéticos: ração especial (a mais prática) ou dieta caseira. Como ele não gostou da primeira decidi pela comida. Teria mais trabalho, mas o deixaria mais satisfeito. Ele merece isso. Desde então, cozinho para o meu Manolinho. Ele ama a comida que a Dra. Carol Haddad gentilmente me recomendou.

Dieta do meu Manolo: arroz, vagem, lentilha, cenoura, peito de frango e fígado

Dieta do meu Manolo: arroz, vagem, lentilha, cenoura, peito de frango e fígado

Há uma semana iniciamos o tratamento e felizmente caminhamos muito bem. Para minha surpresa, desde o primeiro dia da injeção, meu Manolo não reclamou nenhuma vez. Não sei se ele está com “pena de mim” ou se tem certo entendimento de que estou fazendo o bem, já que tudo o que eu mais quero é que ele viva bem e feliz, pelo tempo que for. Como forma de consolo, meus colegas falam que ele ainda vai viver muitos anos, mas o que eu realmente desejo é que ele viva bem e com saúde, seja por muitos ou por poucos anos.

Meu Manolinho merece o melhor de mim e terá!

foto 2

Anúncios

, , , , , , , , , ,

  1. #1 por Moisés Naif em março 12, 2013 - 1:14 pm

    Não sei se choro pelo seu carinho ou se fico feliz pelo seu amor…ficarei com os dois sentimentos…parabéns !!!

    • #2 por tattitie em março 12, 2013 - 1:32 pm

      Obrigada, Moisa! Sabe o quanto eu amo o Manolinho. Um beijo

  2. #3 por Fabi em março 12, 2013 - 3:02 pm

    Só quem tem estes filhos peludos sabe como é grande o nosso amor por eles e vice-versa. Sabe também como é desesperador qdo eles estão com alguma coisa mesmo que não seja nada sério. A gente sofre mais que eles, acho… Tatti, estou torcendo pelo teu Manolo! Que ele fique bem e viva com muita saúde por muitos anos ainda!! Realmente, eles merecem tudo e mais um pouco da gente!! Grande beijo!!

    • #4 por tattitie em março 12, 2013 - 6:46 pm

      Oi, Fabi!! Sofre mesmo, tenho certeza! Ele está feliz da vida. Comendo bem e ganhando mais atenção. Já está mal acostumado…rs. Um beijo!!

  3. #5 por Fernanda em março 12, 2013 - 3:27 pm

    Vc é uma pessoa fantástica, fiquei imaginando eu no seu lugar, rs. Me emocionei muito com seu amor e dedicação….com certeza o Manolinho é muito feliz por ter vc como mãe!!! Parabéns, te admiro muito
    Beijo

    • #6 por tattitie em março 12, 2013 - 6:45 pm

      Obrigada, Fernanda!!! Eu também sou feliz por tê-lo comigo. Um grande beijo

  4. #7 por jaimesaldanhajr em março 12, 2013 - 4:29 pm

    O Manolito é forte, assim como você! Seu amor e carinho, não só por ele, é algo incrível. Tudo vai dar certo Tate!!!! Te amo!!!

  5. #9 por lilian em março 13, 2013 - 2:29 pm

    Também estou muito triste com essa noticia, mas sei que com todo seu carinho ele vai ficar bom,pois você viu como ele reagiu quando tomou a injeçao? Isso com certeza esta ligado ao que ele sente por você.Muitos beijos a você e ao nosso Manolinho!!!!!!

  6. #10 por Luciane em março 13, 2013 - 9:09 pm

    Coisa linda, ele vai ficar bem e viver por muitos anos sendo cuidado com tanto amor!

  7. #11 por Claudia em agosto 3, 2013 - 4:09 pm

    Olá….estava procurando sobre dietas caseiras para cães diabéticos….poderia compartilhar a dieta? Minha situação está muito díficil com meu Leopoldo…e seu relato me deixou com esperanças que eu consiga reverter a situação do meu pequeno…abçs

    • #12 por tattitie em agosto 4, 2013 - 1:44 am

      Oi, Claudia!
      Meu Manolo ama a comida caseira. Os ingredientes que uso são: arroz integral ou branco, peito de frango, fígado de boi, lentilha, cenoura, vagem e azeite. Quem me passou a receita e quantidades adequadas foi minha colega veterinária Carolina Haddad, que trabalha em Santos.
      Muita sorte com seu pequeno!!!

  8. #13 por Mara Rose em agosto 12, 2013 - 11:21 pm

    Tatti, so hoje li. Conheci o Manolo na Cobasi e sei exatamente o qto sofremos para dar uma injecao em nossos filhos. Parece uma facada no coracao. Mas fico feliz, pois ele nao poderia ter uma mae e uma veterinaria melhor. O Manolo tem muito amor, gracas a Deus.

    • #14 por tattitie em setembro 6, 2013 - 1:46 pm

      Sempre querida e carinhosa! Obrigada, Mara. Você mora no meu coração. Um beijo

  9. #15 por thaysatelierosamenina em setembro 6, 2013 - 1:30 pm

    Olá,seu depoimento foi confortante,temos a nossa pequenina Cuca,uma poodle de 13 anos que a alguns dias também foi diagnosticada com diabetes,estou meio ainda em pânico,mas pesquisando vi que dá para controlar e tentar dar a ela uma vida boa pelo tempo que for para ser,como você mesma disse,porém estou ainda meio na dúvida sobre a dieta,em relação a quantidade pelo seu peso de 10 kg,será que poderia me orientar?Tenho certeza que ela também não vai gostar da ração…..muito grata por compartilhar conosco sua experiência,me encheu de esperanças…abraços..Thays

    • #16 por tattitie em setembro 6, 2013 - 1:45 pm

      Oi, Thais! Desejo que sua pequena fique bem, assim como meu Manolo já está há 8 meses. Ele ama a comida e por mais trabalho que eu tenha é muito prazeroso vê-lo comendo. Até segunda-feira enviarei para vc a quantidade certa de comida, ok? É importante saber se ela está compensada da glicemia. Quais os valores, vc sabe? Um beijo!!

  10. #17 por ROSEMAR COSTA EVORA em outubro 19, 2013 - 2:51 am

    OLÁ! FIQUEI EMOCIONADA COM SEU DEPOIMENTO. ESTOU COM MINHA CADELA DE 9 ANOS COM DIABETES/ TOMA INSULINA 2X AO DIA (GRITA MUITO E MEU CORAÇÃO FICA DESPEDAÇADO). SUA ~GLICOSE NÃO BAIXA: FICA ENTRE 300 E 550 . VOLTA E MEIA INTERNO POIS COMEÇA A PASSAR MAL/ COME RAÇÃO WEIGHT CONTROL, MAS PERCEBO QUE NÃO TEM AJUDADO. ESTOU MUITO TRISTE E GANHO SALÁRIO O QUE TEM ME ENDIVIDADO MUITO, MAS JAMAIS A DEIXARIA SOFRER. ESTOU DIRETO PESQUISANDO, MAS NÃO SEI MAIS O QUE FAZER. A VETERINARIA DELA PASSOU EMAGRIPET , POREM JÁ NAO VENDE MAIS. TRABALHO A TARDE. ENTÃO ELA COME APENAS DE MANHA E NOITE E A RAÇÃO QUE NÃO GOSTA TENHO QUE MISTURAR COM CALDO PORQUE AS VEZES NÃO BEBE ÁGUA, SÓ QUANDO AUMENTA A TAXA. ME ORIENTE PORQUE NÃO SEI MAIS O QUE FAZER. O QUE POSSO DAR PARA ELA COMER SEM ALTERAR MAIS AINDA? ACHO QUE A DIABETES DELA É A TIPO II. POR FAVOR, ME ORIENTE…. OBRIGADA.
    E-MAIL: ROSECOSTAEVORA@HOTMAIL.COM

    • #18 por tattitie em outubro 21, 2013 - 8:49 pm

      Oi, Rose! Pelo o que me conta a glicemia dela está bem descompensada. Posso te passar uma opção de dieta caseira, mas não deixe antes de consultar sua veterinária. Me informe o peso dela e se está acima, abaixo ou com peso ideal.
      Um abraço, Tatti

  11. #19 por Fernanda em novembro 4, 2013 - 2:11 pm

    OLA,sigo seu blog sempre na esperança de encontrar algo para nos ajudar já que o Manolo lindo faz oito meses que esta em tratamento e parece que esta dando muito certo.Nosso lindo e amado Tob foi diagnosticado com diabetes a 2 meses, aplicamos insulina nele duas vezes ao dia mas sua glicemia continua oscilando muito.Um dia é 500,outros 400 mas nunca conseguimos um bom resultado, tememos muito que ele fique cego.

    Ele tem muita alergia assim como o manolo e a unica coisa que melhora é a prednisona o que aumenta demais sua glicemia.

    Se puder queria umas dicas já que vi que a glicemia de seu cão Manolo tem níveis muito bons.

    Obrigada por compartilhar conosco suas experiencias pois sempre estamos procurando algum alento para o nossos coraçõesAmamos nosso amigo..Abraços

    • #20 por tattitie em novembro 13, 2013 - 11:42 am

      Bom dia, Fernanda! Primeiramente peço desculpas pela demora na resposta. Se a glicemia do Tobi está tão alta, algo deve estar errado. Por mais que a alimentação caseira possa ajudar, provavelmente não será a solução. A Prednisona altera a glicemia e não seria minha medicação de escolha para tratar a alergia de um paciente diabético. Outras possibilidades que podem alterar muito a glicemia de pacientes diabéticos são as infecções secundárias (pode ser de urina, pele, etc) e outros problemas hormonais. Converse com seu veterinário ou se preferir procure um veterinário endocrinologista para te orientar corretamente. De qualquer maneira posso te enviar a dieta caseira, de acordo com o peso do Tob. Boa sorte para vocês!!! Tatti

  12. #21 por Fernanda em novembro 17, 2013 - 10:27 am

    Obrigada por me responder…Hoje o Tob esta começando a mostrar melhoras em seu tratamento.Aumentamos a insulina para 0,05 como recomendação do veterinário e ele ja voltou a pegar peso e a glicemia começou a baixar apesar de estar sempre oscilando agora estamos em 330 ou 256 antes da insulina e apos aplicada chega a 180.Por favor poderia me enviar a dieta caseira? gostaríamos de tentar.Nossa bolinha de pêlo pesa 7.400Kg. A minha cidade é muito pequena e o veterinário dele é de fora, vou tentar procurar em outra cidade um veterinário endocrinologista como mencionou.Obrigada mais uma vez.Fique com Deus.Abraço

    • #22 por tattitie em novembro 20, 2013 - 6:46 pm

      Oi, Fernanda! Que boa notícia!! Vou enviar a dieta por email, mas não deixe de comentar com seu veterinário sobre a mudança. É muito importante!!!

  13. #23 por Ana Lucia em fevereiro 13, 2014 - 1:29 pm

    Olá, bom encontrei hoje seu blog, pois estou aqui desesperada revirando a net para ter maiores informações sobre diabetes, eu e meus filhos adotamos uma linda vira-lata que hoje esta com 6 meses e que depois de várias idas ao veterinário foi diagnosticada com diabetes, se vc pudesse gentilmente me ajudar e me passar maiores informações sobre a dieta caseira de seu cachorro pois a ração especifica é muito cara . A minha bebe pesa 5.5k e lembra um fox paulistinha é muito meiga e brincalhona mas que de um mês pra ca só quer ficar deitada minha filha de 9 anos a adora e a trata como um bebe e eu fico muito triste em ver a minha Lili sofrendo e minha filha Mariah tb.
    Por favor me de uma luz, pois não sei o que fazer. Hoje ela fez o teste e sua glicose estava acima de 600.
    email: anamaega@hotmail.com
    Muito Obrigada!!
    Ana Lucia

    • #24 por tattitie em fevereiro 15, 2014 - 6:55 pm

      Oi, Ana!! Tão novinha e diabética. Acho importante passar com um endocrinologista veterinário para ter um acompanhamento desde cedo. Como é filhote precisa de suplementos, além da dieta caseira. Posso te passar um esquema de dieta, mas sugiro realmente que procure um profissional especializado tb em dieta caseira. Indico com toda confiança a veterinária Sylvia Angélico do “Cachorro verde”. Outra coisa importante é providenciar a castração quando possível, pois os hormônios alteram demais a glicemia. Um beijo, Tatti

  14. #25 por Cibele Kuhn Fiori em dezembro 1, 2014 - 12:22 pm

    oi…semana passada minha amiga descobriu que seu cão é diabético…ele ainda está magrinho…poderia me passar a receita da alimentação caseira e as quantidades….? outra coisa que gostaria de saber é se vc mede a glicemia com aparelhos de humanos e qual você usa? ele já está tomando insulina.;…e notamos que está mais feliz…
    Estou lendo tudo sobre o assunto para poder ajudar…mas você com certeza é a pessoa certa para nos ajudar.
    Moramos em Santa Catarina

    • #26 por tattitie em dezembro 3, 2014 - 12:14 am

      Oi, Cibele! A dieta que dou para o meu Manolinho é sempre a mesma: arroz parbolizado ou integral, vagem/quiabo, peito de frango e lentilha. Tem um site muito bacana que pode te ajudar (http://www.cachorroverde.com.br). Alias, a veterinária responsável pelo site (Sylvia Angélico) faz consulta via skype. Sou fã da dieta caseira e espero que também ajude o cãozinho da sua amiga. Quanto aos aparelhos de glicemia, uso os humanos. Tenho O Accu chek e o One Touch, esse último necessita de uma quantidade mínima de sangue. Boa sorte 😉

      • #27 por cibele em dezembro 3, 2014 - 12:47 pm

        obrigada….mandei ume-mail para silvia…qual modelo dos aparelhos para medir glicemia? pois eles tem diversos modelos…o one touch select simple ou ultramini

      • #28 por tattitie em dezembro 3, 2014 - 1:21 pm

        Que ótimo! O meu é o One Touch Ultramini. Outra boa opção é o Optium Xceed da Abbott. Boa sorte!!

  15. #29 por Bruna Silveira em dezembro 5, 2015 - 11:00 pm

    Olá, gostaria do seu contato. Tenho um cachorro diabético e com cushing e catarata. Ele toma 9 unidades de insulina a cada 12h e começou com 6 unidades. Fui em uma veterinária endocrinologista e a mesma recomendou ração apenas 2 vezes ao dia ( manhã e noite) ele não come ração específica p diabético de jeito nenhum. Já tentei todas as marcas e até o pave diabético, mas nada. Também já tentei conida natural e não funcionou. Tenho muitas dúvidas sobre a doença é nutrição. Vi seu blog e gostei muito. Gostaria de poder entrar em contato, ele é td pra mim. Obrigada desee já. Bruna

    • #30 por tattitie em março 16, 2016 - 1:40 am

      Bruna, primeiramente peço mil desculpas pela demora. Por motivos pessoais fiquei um tempo sem dar atenção ao blog. Caso ainda necessite de algum tipo de orientação me mande um e-mail: tatianehato@hotmail.com

  16. #31 por Fernanda em março 11, 2016 - 2:48 am

    Oi! Que bom poder ter as tuas experiências como modelo. Meu cachorrinho foi diagnosticado com diabetes e fiquei apavorada. Comprei o equipamento para medição da glicose, mas não estou sabendo usar. De qual parte do corpo tiras o sangue? Na almofadinha das patinhas não consigo. Na dieta, a vagem e a cenouras são cruas? Muito obrigada, Fernanda.

    • #32 por tattitie em março 16, 2016 - 1:38 am

      Oi, Fernanda. Primeiramente recomendo que faça acompanhamento com um veterinário de sua confiança. Principalmente no início do tratamento é imprescindível que tenha um profissional que te oriente. Não é fácil acertar a dose ideal de insulina para que a glicemia fique controlada .Quanto antes conseguir ajustar, melhor! Sou fã da dieta caseira e recomendo desde que seja feita de maneira correta – com ingredientes recomendados e nas devidas proporções. Deve-se levar em conta o peso do paciente e seu score corporal (se está gordinho, magro ou com peso ideal). O uso de suplementos (vitaminas e minerais) é obrigatório, caso contrário o paciente certamente terá alguma deficiência nutricional. Recomendo tirar o sangue do coxim (almofadinha) ou da orelha. Prefiro do coxim, pois acho menos dolorido. Uso as verduras e legumes cozidos. Boa sorte com seu garoto!!

  17. #33 por Lidiane em julho 7, 2016 - 1:45 pm

    Olá meu Toby esta com diabete, chegou a 599, ele tem 14 anos e é um mestiço de Begge parece com o seu até as cores, ele tem 20 K, agora porque emagreceu. o veterinário pediu para dar insulina de 1,2 de 8 em 8 horas. Estou com medo e vou começar de 12 em 12 horas.
    Ele não quer comer a ração de diabéticos e gostei muito dessa dieta natural. Vc poderia me passar as quantidades para o Tobynho? E o arroz é integral de seres humanos? E não tem problema.
    Obrigada.
    Lidiane.

    • #34 por tattitie em julho 15, 2016 - 2:10 pm

      Bom dia, Lidiane. Espero que esteja bem! Realmente a comidinha natural é uma opção excelente para os cães que não aceitam a ração. Manolinho come comida natural há 3 anos e desde então me tornei fã e adepta aos meus 3 cães. Se está insegura com relação a orientação do seu veterinário, sugiro buscar uma segunda opinião. Um clínico que seja da sua confiança ou um endocrinologista veterinário. As dietas são formuladas de acordo com cada paciente, levando em consideração uma série de fatores. Entre no site do Cachorro Verde e vai encontrar uma lista de veterinários cadastrados e aptos a formular uma dieta para o seu Toby. Eu também estou nessa lista caso tenha interesse. Um abraço e boa sorte!!

  18. #35 por Walkiria Hradec em julho 18, 2018 - 11:55 pm

    Olá Tatiane,

    Gostaria de agradecer e te parabenizar pelo seu blog, sou estudante de veterinária e estou com um pequeno diabético aqui, e suas dicas me ajudaram a esclarecer algumas dúvidas, mas estou com outras, teria como me ajudar….kkkk

    Estou fazendo o controle glicêmico dele, mas é aquela velha história, “a teoria é um pouco diferente da prática” ….rsrsrs

    Entrei com alimentação comercial própria para cães diabéticos e consegui um controle, porém, a ração deu alergia nele e claro, descompensou tudo. E agora estou entrando com dieta caseira, mas não estou conseguindo realizar os cálculos de cada nutriente.
    Existe alguma apostila ou livro que você possa me recomendar para auxiliar esse cálculo?

    Ou, se for possível, existe a possibilidade de levá-lo para passar em consulta com você? Onde você costuma atender? Estou na zona sul de São Paulo.

    Desde já te agradeço muito muito,

    Abraços
    Wal

    • #36 por tattitie em julho 25, 2018 - 12:30 pm

      Oi, Wal. Tudo bem? Primeiramente agradeço pela visita. O Manolo foi meu grande incentivador a buscar informações sobre a alimentação natural e me apaixonar. Há 5 anos meus 3 cães comem AN. Indico o curso de alimentação terapêutica do Cachorro Verde (da Dra. Sylvia), tenho certeza que vai amar. Eu atendo na clínica junto à Cobasi Radial Leste. Um beijo e boa sorte com seu garoto.
      Tatti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: